02 setembro, 2012

Como mudar de alimentação ou de estilo de vida? Conheça as principais fases da mudança de comportamento


A maioria de nós atravessa várias fases no decurso de uma mudança de comportamento – seja ele alimentar ou de estilo de vida.

1.     Pré-contemplação
Refere-se à fase em que ainda não estamos conscientes da necessidade de uma mudança.

2.     Contemplação da mudança
Nesta fase já está a pensar a mudar, mas ainda não o fez. Ao chegar à este ponto, é importante identificar os comportamentos e hábitos que pretende alterar, seleccionar aqueles que para si seria mais fácil mudar, e começar por aí. E porquê escolher um objectivo fácil? Simplesmente porque se tentar e for bem-sucedido, sentirá um estímulo maior para continuar, do que se tentar e falhar ou perder a motivação ainda durante os primeiros três dias. Uma vez atingido o primeiro objectivo torna-se sempre mais fácil avançar para o próximo. Baseie o seu objectivo inicial na sua alimentação. Por exemplo, se come fruta apenas algumas vezes por semana, tente estabelecer o objectivo de comer pelo menos três peças de fruta, diariamente. Com o tempo, vá ajustando os objectivos em função daquilo que já atingiu e onde pretende chegar.

3.     Preparação para a acção
Esta é a fase em que se avalia a melhor forma de conseguir realizar as alterações necessárias à criação de novos hábitos. Se o seu objectivo é comer pelo menos três peças de fruta por dia, é bom que decida também exactamente como irá fazê-lo. Tente ser o mais concreto possível e planear quando é que irá às compras, como é que irá incluir a fruta nas suas refeições, que tipo de refeições irá preparar, etc. Se fracassar na preparação de um plano realista, simplesmente não conseguirá implantar novos hábitos e voltará rapidamente aos antigos.

4.     Iniciar a mudança
Agora é a altura de pôr os seus planos em acção. Lembre-se de que as pequenas mudanças são mais fáceis de implementar do que as grandes, e de que deve dar tempo ao tempo para que os novos hábitos e gostos se implantem, antes de passar para a próxima mudança.

5.     Manter os novos hábitos
A implantação dos novos hábitos demora cerca de seis semanas. Quando se sentir confiante quanto à solidez da primeira mudança, pode prosseguir. O objectivo desta fase é garantir que todo o esforço que faz para mudar não seja em vão. Não se preocupe com falhas ocasionais – o seu objectivo é melhorar os seus hábitos alimentares a longo prazo e, enquanto continuar a tentar, terá sucesso. As falhas e recaídas fazem parte deste processo e são inevitáveis.

6.     E se tiver uma recaída?
E daí? As falhas são apenas uma parte do ciclo – de cada vez que falhar, aprenderá algo que poderá ajudar quando realizar uma outra mudança ou uma nova tentativa. Reflectir sobre os seus obstáculos à mudança, ou sobre o que impediu o progresso, pode ser muito útil. O mesmo se aplica à análise das circunstâncias do sucesso nas mudanças já realizadas ou das recaídas anteriores. Acima de tudo, não pense numa queda como se fosse uma recaída. Perceba as razões por que não conseguiu e comece de novo.

 Como garantir o sucesso?
* Elabore um bom plano de mudança, sozinho ou com ajuda profissional.
* Divida cada mudança que pretende fazer em pequenas fases. Certifique-se de que cada fase está realmente concluída antes de passar à próxima.
* Encontre alternativas saudáveis que substituam os seus alimentos preferidos.
* Seja persistente.